ALTERAÇÃO LOCAL E HORA DA MANIFESTAÇÃO CONTRA O GLOBALISMO

Tempo de leitura: 2 minutos

Informamos que o ADN recebeu uma mensagem do Presidente da Habeas Corpus, Rui da Fonseca e Castro, em que este considera não estarem mantidas as condições necessárias para uma colaboração entre a Habeas Corpus e o ADN, no que respeita à manifestação do próximo dia 20 de Maio.

Sabemos também que a Habeas Corpus iniciou uma angariação de fundos, com uma conta bancária da própria associação, para ajudar nas despesas da manifestação, que estava a ser organizada em conjunto com o ADN e com a Global Walk Out.

Entretanto, o Presidente da Habeas Corpus também referiu que já assumiram compromissos financeiros com a manifestação e, por essa razão, desejam manter o local e hora programados para o evento inicial.

Perante tudo o que tem acontecido nos últimos dias em relação à saída do ex-Secretário-Geral do partido, onde já foram ditas mentiras e lançados boatos que escusamos de enumerar, porque acreditamos que a política não deve ser feita dessa forma e porque a verdade virá sempre ao de cima, o ADN decide afastar-se da organização deste evento e irá agendar uma manifestação contra o Globalismo em local e horas diferentes.

Para além disso, também consideramos que é necessário haver transparência e coerência em todos os momentos da vida política e não apenas quando queremos lançar a dúvida sobre aqueles que têm combatido o Globalismo em todas as suas vertentes.

Nesse sentido, esclarecemos que todas as partes envolvidas na manifestação aprovaram a presença de algumas personalidades de referência da resistência mundial, nomeadamente a vinda de Robert F. Kennedy Jr. , entre outros nomes sobejamente conhecidos por todos nós.

Acontece que, tanto Robert F. Kennedy Jr., tal como outros nomes que continuam convidados para a manifestação, mas que, como ele, ainda não confirmaram a sua presença, já foram por diversas vezes apontados por pertencerem à Maçonaria, mas isso não fez com que esses nomes fossem vetados por qualquer um dos organizadores.

Ou seja, qual seria o interesse de querer impor uma agenda cega no ADN para encetar uma caça às bruxas a todos os Maçons em Portugal e depois convidar e receber de braços abertos cidadãos estrangeiros que são conotados com a Maçonaria?

Porque não somos incoerentes, ou até algo pior do que isso, rejeitámos fazer uma caça às bruxas quando alguém a tentou impor no ADN, pois, a nossa luta será sempre contra todos os lóbis e pessoas que prejudiquem Portugal e os portugueses, venham eles de que instituição/organização vierem e todos os que estiveram contra a agenda do Globalismo serão sempre bem-vindos à nossa luta.

Como já foi referido em comunicados anteriores, o ADN não segrega ninguém que se junte a nós na luta pelos ideais que defendemos.

A luta contra o Globalismo necessita de união e não de divisões, por isso, todos aqueles que lutam pelos mesmos princípios que nós, poderão contar sempre com o ADN.

As tuas liberdades, direitos e garantias estão a ser violadas.

O ADN é o único partido que nunca permitirá que mexam nas leis fundamentais.

Junta-te a nós e saberás como ser um resistente às políticas globalistas.